7 motivos para sair da poupança

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A verdade é que existem vários motivos para sair da poupança e procurar por investimentos que tragam rentabilidade. Se você acredita que o seu dinheiro está seguro na poupança, na verdade, você está preso a uma ilusão.

A poupança fez sentido um dia, mas já fazem  alguns anos que se tornou um investimento que rende abaixo da inflação. Nesse contexto, é importante conhecer outras opções que tragam mais rentabilidade para o seu dinheiro.
 
Decidiu que você quer conferir boas razões para investir em alternativas mais interessantes? Continue por aqui e descubra os motivos para sair da poupança e deixar a sua carteira de investimentos atualizada.
 

7 motivos para sair da poupança

Em primeiro lugar, se você é daqueles que consegue guardar parte dos seus rendimentos na poupança, parabéns. Segundo a CNC (Confederação Nacional do Comércio), 70,9% das famílias sofrem com o endividamento.
 
Você está no caminho certo, mas a partir de agora é importante conhecer alguns motivos para sair da poupança. Dessa forma, confira abaixo sete razões para considerar outras opções e aumentar ainda mais o seu patrimônio.

1. A poupança tem rendido muito pouco atualmente

De acordo com uma matéria do Portal Globo.com, a poupança teve o pior rendimento em 21 anos. A matéria replica dados da Economatica e indicou que a caderneta teve um rendimento negativo de 6,37% no ano de 2021.
 
Mesmo com a isenção do Imposto de Renda, a realidade é que você está perdendo dinheiro investindo na poupança. Por outro lado, o Tesouro Direto rende mais e conta com uma enorme diversidade de papéis para você investir.

2. Tem aniversário de rendimento

O “aniversário de rendimento” é pago sempre na data de aniversário mensal da aplicação. Portanto, se você investiu no dia 17 de março de 2022, o rendimento só será contabilizado no dia 17 de Abril de 2022.

Se nesse período você tirar todo o dinheiro da poupança, os rendimentos tidos nesse período não serão pagos. No entanto, contas remuneradas oferecem para você liquidez diária e é uma opção melhor do que a poupança.

3. Existem outros investimentos que exigem pouco para você investir

Embora a poupança não exija um valor mínimo para investir, a rentabilidade é baixa. Entretanto, outros investimentos exigem pouco para começar e um bom exemplo é o Tesouro Direto, pois exige investimentos na casa de R$ 35,00.

Agora, pense no seguinte cenário: qual sentido faz continuar na poupança se você tem diversas outras opções? Essa é uma das razões para as pessoas optarem por investir em outros investimentos, como LCI, LCA e CDB.

4. Outros investimentos incluem liquidez diária

Lembra quando foi explicado que a poupança rende apenas no “dia de aniversário”? Então, o Tesouro Direto, por exemplo, possui liquidez diária e você pode fazer o resgate quando quiser, porém existirá um custo para fazer isso.

Talvez você se pergunte a razão de o Tesouro Direto ser abordado aqui, porque se trata de um dos investimentos mais versáteis. Em outras palavras, você tem opções pré-fixadas e outras pós-fixadas, por isso o leque se torna maior.

5. Invista com facilidade em outros investimentos

Muitas pessoas escolhem a poupança pela facilidade em investir, mas atualmente os investimentos são simples de serem feitos. Basta ter acesso a internet e você consegue investir com facilidade, rapidez e sem sair de casa.
 

6-Fique por dentro de novos investimentos.

Quando a sua meta é de se aprofundar no mercado financeiro e descobrir como aumentar o patrimônio, o ponto de partida não deve ser a poupança. Afinal, o funcionamento é simplista e não traz avanços para a sua educação financeira.
 
Detalhe: usar a poupança como investimento é uma maneira de limitar o controle que você tem sobre o investimento. Por esse motivo, esse é um dos motivos para sair da poupança mais fortes que existem.
 

7-Diversifique a sua carteira de investimentos

Por fim, uma carteira de investimentos diversificada é melhor, pois aumenta as chances de ganho e diminui as de risco. Por exemplo: se os investimentos pós-fixados não renderem o esperado, os pré-fixados podem garantir o resultado.
 
 
Agora que você aprendeu quais são as razões para investir fora da poupança, não tenha medo de começar. Afinal, como o texto mostrou, você tem opções com liquidez diária e aos poucos poderá diversificar a sua carteira.
 
Deseja investir fora da poupança. Está no lugar certo, porque a Elev Investimentos te auxilia. Conte com atendimento personalizado, exclusivo e fique por dentro das novidades do mercado. Assim, esses também são motivos para sair da poupança e ganhar mais dinheiro. Contate nossos especialistas.