Como começar a investir? Um breve guia para iniciantes

Saber como começar a investir e o que você deve considerar nessa hora é fundamental para alcançar seus objetivos. Confira nosso guia sobre o assunto!

O mundo dos investimentos está em constante crescimento e atrai um número cada vez maior de interessados. A propagação de informações e conhecimento sobre a área é uma das principais responsáveis. Por isso, é comum querer saber como começar a investir.
Você pode até não se dar conta, mas provavelmente já está investindo nesse momento. Isso porque a poupança é um exemplo bem comum de aporte nesse mercado. Apesar disso, ela é uma das alternativas menos recomendadas entre profissionais da área.
Quer saber como começar a investir para alcançar seus objetivos financeiros com mais eficiência? Então confira a seguir um breve guia sobre o assunto!
 

Tenha um bom planejamento financeiro


O primeiro passo para começar a investir é se planejar financeiramente. Isso requer um diagnóstico completo das suas finanças, um controle orçamentário e uma estratégia definida. Você precisa saber quanto ganha e gasta todo mês para fazer um planejamento.
Por isso, crie o hábito de anotar todos esses dados e verifique sua saúde financeira. Com essas informações, delimite uma estratégia de investimentos: quanto você pode aportar todo mês, o que será preciso para isso etc.
 

Monte uma reserva de emergência


A reserva de emergência é uma alocação fundamental para os investidores. Ela funciona como uma poupança para situações imprevisíveis. Dessa maneira, é recomendável que o montante guardado seja de aproximadamente 6 meses de gastos mensais normais.
Ela deve ser investida em uma aplicação segura e com alta liquidez. Afinal, você não pode correr riscos de perdas e também precisa convertê-lo rapidamente em dinheiro para conseguir suprir a emergência.
 

Defina seu perfil de investidor e objetivos


Outro ponto fundamental para começar a investir é definir seu perfil de investidor. Eles são divididos em conservadores, moderados e arrojados. Dessa forma, cada um conta com diferentes tolerâncias aos riscos atrelados aos investimentos.
Os objetivos financeiros também são muito importantes para começar a investir. Você deve sempre pautar suas decisões no que deseja alcançar com o valor investido. Então estabeleça metas concretas e defina prazos para elas.
 

Conheça as classes de investimentos


Para saber como começar a investir é preciso conhecer as classes de investimentos. Elas dividem-se em renda fixa e renda variável. A primeira funciona como títulos de dívida, em que o investidor empresta dinheiro ao emissor.
Assim, são definidas regras a respeito da rentabilidade — e elas serão conhecidas ao fazer o aporte. Já a renda variável possui diversos tipos de investimentos, mas a sua principal característica é a imprevisibilidade em relação à rentabilidade.
 

Conte com o auxílio de uma assessoria de investimentos


Por fim, o auxílio de uma assessoria de investimentos é uma boa ideia em todas as etapas. Esse é um serviço gratuito igualmente importante para quem quer aprender sobre o mercado financeiro e para investidores experientes.
Afinal, os assessores podem ajudar você a conhecer o perfil do investidor e tirar dúvidas sobre investimentos, auxiliando na tomada de decisão do investidor.
Agora você já sabe como começar a investir! Lembre-se de que esse processo é feito com tempo e disciplina. Dessa forma, planeje-se para metas de diferentes prazos e mantenha o foco em seus objetivos.
Está procurando uma assessoria de investimentos para ajudá-lo nessa caminhada? Então conte com a Elev!